sindicato dos trabalhadores
em estabelecimentos de saúde

CASCAVEL E REGIÃO

Notícias


Ato Público 20 de Maio – Dia de unificar a luta dos trabalhadores da saúde!
>Ato Público 20 de Maio – Dia de unificar a luta dos trabalhadores da saúde!

Ato Público 20 de Maio – Dia de unificar a luta dos trabalhadores da saúde! O Sindesauvel em conjunto com o Fórum Sindical de Cascavel e demais entidades relacionadas, organiza Ato Público na manhã do dia 20 de maio – Dia Nacional do Técnico e Auxiliar de Enfermagem, em frente à Igreja matriz de Cascavel. Um tributo aos profissionais de saúde que estão na linha de frente no enfrentamento do Coronaviurus, apoiando suas pautas e reivindicações. Em memória das mais de 17.00 vítimas da Covid 19 até a presente data, alertamos para as necessárias medidas de distanciamento social e para que as pessoas fiquem em casa, sempre que possível.

O dia 20 de maio marcou o encerramento da Semana de Enfermagem, comemorada anualmente entre 12 e 20 de maio. O dia 12 de maio remete ao nascimento de Florence Nightingale, a precursora da enfermagem moderna, que tornou o ato de cuidar uma profissão reconhecida como ciência. O encerramento da semana, em 20 de maio, registra o dia de técnicos e auxiliares de enfermagem, data da morte de Anna Nery, pioneira da enfermagem brasileira. A enfermagem é uma categoria profissional composta majoritariamente por mulheres. Em 2020 a comemoração da semana de enfermagem está completamente diferente. É momento não só de lembrar o papel que a enfermagem cumpre, mas também de construir a solidariedade entre todos aqueles que atuam nos serviços essenciais de saúde tão precarizados e impactados pela Covid-19.

O desfinanciamento da saúde pública brasileira, aprofundado a partir da Emenda Constitucional 95 de teto de gastos, ampliou a falta de infraestrutura, de insumos, como os equipamentos de proteção individual, de recursos humanos. Somado a isso, há a intensificação dos processos de privatização e contratações cada vez mais precárias, o que piora a pressão física e emocional sobre esses trabalhadores que hoje estão na linha de frente no combate ao Coronavírus. Por isso, nesse 20 de maio estamos somando força com todos os trabalhadores que arriscam suas vidas para garantir atendimento à população e prometem marcar o dia com atos simbólicos em seus postos de trabalho, tendo como reivindicação: 1. Testagem em massa de toda a população – para garantir a detecção precoce dos infectados e adotar medidas de isolamento, evitando o contágio; 2. O afastamento imediato dos grupos de risco de serviços de pronto atendimento e de nível secundário/terciário, diminuindo os riscos de contágio; 3. Convocação de trabalhadores aprovados em concurso para serviços de saúde e contratação (via direta, e não terceirizada!) de contingente emergencial para atuação nos serviços de saúde pelo prazo mínimo de 24 meses e com renda compatível ao risco de vida exposto; 4. Condições e jornadas adequadas de trabalho e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para todos em quantidade e qualidade adequados; 5. Rever as formas e critérios de contratação dos profissionais dos serviços públicos de saúde 6. Pela reconversão industrial - que a produção nacional de itens essenciais, como respiradores, máscaras, álcool gel, entre outros esteja voltada para atender a demanda imediata da população, dos trabalhadores e serviços de saúde; 7. Pela Revogação da Emenda Constitucional 95 (EC95), que congela os gastos em saúde por 20 anos. A unidade de ação entre os trabalhadores é a única via capaz de pressionar e responsabilizar os governos negligentes com a vida da população.

A luta da enfermagem, em solidariedade com todos os profissionais da saúde por mais direitos, é a luta de todos nós. Esta iniciativa contou com o apoio do Fórum Sindical de Cascavel, SindiPRevs, Sinteoeste, Siprovel, Sismuvel, Sindesauvel, COREN – Conselho Regional de Enfermagem e CA de Enfermagem da Unioeste.